homem usando kimono

Depois do exercício físico e do nosso esporte favorito, tudo que queremos é um belo banho. E para quem luta ou pratica esportes marciais, sobretudo de origem oriental, saber como lavar kimono é essencial. Cuidar dessa peça garante conforto durante a atividade e ajuda a manter a sua durabilidade.

Foi pensando nisso que o Cada Casa Um Caso separou algumas dicas indispensáveis nos cuidados com os kimonos de todos os tipos. 

Confira a seguir tudo sobre como lavar kimono branco, azul e mais cuidados no dia a dia.

1.Como lavar kimono na máquina de lavar?  

A máquina de lavar é sempre a pedida mais prática para a lavagem de rotina. Para saber se seu kimono pode ser lavado no aparelho, confira a etiqueta na peça que contém as instruções de lavagem. Se for permitido, faça da seguinte forma:

Truques para lavar kimono na lavadora

  • Coloque a quantidade adequada de sabão em pó ou detergente líquido;
  • Adicione o amaciante no recipiente indicado na máquina;
  • Selecione um modo de lavagem delicado e que não contenha ciclos de secagem (a peça não deve ser seca em secadora);
  • Escolha a quantidade adequada de água;
  • Lave seu kimono com peças de textura e cores semelhantes. Um bom exemplo são toalhas de banho e de rosto. Dessa forma, se diminui o atrito entre os tecidos e se preserva a vida útil do seu kimono;
  • Por fim, deixe a peça secar à sombra e evite fixá-la no varal com pregadores. Tente fixar dobrado ao meio para evitar que o material fique deformado. 

2. Como tirar cheiro de kimono?

A transpiração pode deixar qualquer peça com mau cheiro. Porém, guardar a peça molhada e esquecer outros cuidados também pode deixar um odor ruim. Mas como resolver esse problema? Confira a seguir como lavar kimono e ainda acabar com o cheiro ruim:  

Evite o mau odor

Além de saber como acabar com mau cheiro, vale prevenir que o odor ruim se instale na peça. Portanto, nunca deixe o kimono molhado de suor em bolsas, armários fechados ou outros locais semelhantes. 

Lavagem com alvejante (se indicado)

Confira na etiqueta se é possível lavar o seu kimono com alvejante. Caso seja indicado, maximize a lavagem na máquina colocando até ¼ da medida de alvejante sem cloro e para roupas coloridas junto ao sabão. 

Além de seguir as dicas de como lavar kimono azul ou branco – e vamos falar mais sobre essas cores daqui a pouco – siga também as instruções do rótulo do tira-mancha. Coloque a quantidade de produto indicada e não faça misturas com outros itens. Desse modo é possível neutralizar alguns odores.

3. Como se livrar das manchas de kimono?

Manchas também podem surgir no dia a dia, mas há solução. Veja como lavar kimono e eliminar essas marcas: 

Água fria e esfregação

Em caso de manchas, vale a máxima de agir o quanto antes! Assim, confira logo após o seu treino se há manchas. Ao encontrá-las, aplique detergente sobre a mancha e esfregue bem. Depois, enxague com água fria e leve para lavagem tradicional.

Alvejante sem cloro pode ser solução

Mais uma vez, o alvejante sem cloro é uma boa pedida. Confira se o uso é indicado na etiqueta e, no caso de manchas, faça uma pré-lavagem com o produto. 

Basta diluir a porção indicada em água quente e aplicar sobre as áreas afetadas. Deixe agir alguns minutos e retire antes que seque.

4. Como lavar kimono de cores diferentes?

homens usando kimono
(iStock)

Agora que você já sabe o básico sobre como lavar kimono, vamos conhecer os principais cuidados que valem para cada cor. Confira a seguir:

Como lavar kimono branco: cuidados e dicas

  • Antes de levar à máquina, deixe de molho na água com sabão ou detergente neutro por 20 minutos;
  • Não lave com roupas de outras cores;
  • Faça a lavagem sempre após o uso para evitar encardidos.

Como lavar kimono azul sem erros

  • Prefira usar um sabão próprio para roupas escuras;
  • Lave na máquina apenas em ciclo delicado;
  • Vira a peça do avesso para lavagem na lavadora;
  • Se possível, prefira fazer lavagens manuais, pois desgastam menos o material;
  • Nunca utilize produtos com cloro na composição.

Mas afinal, qual a frequência de lavagem adequada para o kimono?

Apesar de algumas pessoas repetirem a peça, o ideal é lavar o seu kimono sempre após o uso. Dessa forma, evita-se o aparecimento de fungos e mofo. Esse  hábito também diminui as chances que o cheiro de suor fique impregnado.

Além disso, algumas artes marciais são esportes de contato e respingos de sangue podem sujar o tecido. Caso aconteça, ficam mais difíceis de serem retirados com o passar do tempo, quando oxidam.

Depois de tudo isso, saber como lavar kimono não será mais um desafio. Isso fica para seu próximo adversário. Aprenda ainda como acabar com o cheiro de suor das roupas de academia e do dia a dia. 

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Receba nossas novidades

Assine nossa newsletter e receba dicas exclusivas de cuidados e truques dos especialistas Cada Casa Um Caso.