mãos com luvas azuis espirram líquido de borrifador em superfície de mesa e espalham com um pano.

É comum associar limpeza à sanitização, mas na prática as duas são bastante diferentes. Claro que um local limpo é sinônimo de saúde e qualidade de vida, por isso os dois procedimentos se fazem obrigatórios para manter os ambientes da casa higienizados e livres de impurezas, germes e bactérias que, muitas vezes, podem causar alergias respiratórias e até transmitir doenças. 

Nos últimos meses, a preocupação com a limpeza da casa se tornou um fator essencial, já que uma das formas de contaminação pelo coronavírus é justamente o toque em superfícies com a presença dele e, depois, levar a mão a olhos, nariz ou boca. Por isso, quanto mais limpos estiverem os cômodos, menos riscos de contágio. 

A limpeza tradicional tem a função de remover a sujeira superficial dos ambientes, deixando a aparência de casa limpa, enquanto que a sanitização consegue remover, além da sujeira, germes, bactérias e vírus que se fixam nas superfícies e são mais difíceis de sair só com a faxina convencional. 

A seguir, veja mais detalhes dos dois procedimentos. 

Diferença entre limpeza e sanitização

  • Limpeza: também conhecida como “higienização”, é o que fazemos nos ambientes para retirar as impurezas visíveis aos olhos, como restos de comida e bebida, gordura, manchas e poeira que, naturalmente, são acumulados com o passar dos dias. A limpeza diária – e também a faxina – serve para deixar a casa limpa de forma superficial para que os moradores se sintam bem nos ambientes.
  • Sanitização: a sanitização geralmente é feita por uma empresa ou equipe especializada, pois não utiliza produtos comuns para a limpeza da casa e tem como objetivo eliminar microorganismos, como fungos, ácaros, germes e bactérias, presentes nas superfícies – móveis, aparelhos eletrônicos e pisos –  e nos ambientes. 

Quando é preciso usar sanitizantes?

No momento atual em que vivemos, estar em ambientes limpos diminui bastante as chances de contaminação por vírus e bactérias, mas é preciso estar sempre alerta para não deixar acumular sujeira, ainda mais em casas onde vivem muitas pessoas. E, lembrando mais uma vez, só a sanitização é capaz de eliminar completamente os vírus e bactérias das superfícies. 

Como dissemos, a sanitização pode ser feita em qualquer ambiente: residências, escritórios ou grandes empresas. Porém, é preciso contratar uma equipe especializada que vai até o local com produtos e equipamentos específicos. É recomendado que se faça essa limpeza mais pesada a cada três meses. 

Viu só como a limpeza é um passo importante para manter a saúde e bem-estar dos moradores? Para mais dicas valiosas, siga nossos conteúdos de limpeza e organização!

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Receba nossas novidades

Assine nossa newsletter e receba dicas exclusivas de cuidados e truques dos especialistas Cada Casa Um Caso.