Mop ao lado de produtos de limpeza

Com a rotina corrida e as múltiplas tarefas diárias, muita gente opta por acessórios que tragam praticidade e rapidez na limpeza da casa. Até porque, não há nada mais exaustivo do que fazer aquela faxina completa, né?  

Assim como os novos produtos que vemos lançar todos os dias, o mop veio como uma solução inteligente para manter o chão da casa limpo, deixando o ambiente impecável – higienizado, cheiroso e sem manchas.

Bastante popular no exterior, o utensílio – também conhecido como esfregão giratório – chegou ao Brasil e já virou uma verdadeira febre. A fama do mop se dá porque, além de prático, fácil e eficiente, pode ser usado em todos os cômodos e tipos de pisos.  

Além disso, uma grande vantagem de usar um mop na limpeza é que você dilui os produtos na água sem precisar usar as mãos em nenhum momento, porque ele mesmo faz esse trabalho, ótimo para quem tem predisposição a alergias e irritações na pele. 

Como usar mop?

Quer incluir o mop na sua rotina de limpeza da casa? A gente te ensina! A primeira coisa que você precisa saber é que o acessório pode ser encontrado em grandes redes de supermercados ou lojas especializadas em produtos de limpeza.  

Hoje já existe uma infinidade de mops, e cada um deles é específico para diferentes níveis de limpeza – da mais leve à mais pesada. Por isso, antes de comprar seu mop, é importante que você avalie todos os modelos e o tipo de limpeza que o acessório consegue fazer. 

 O mop mais conhecido é o que vem acompanhado de um balde que contém duas cavidades: uma para molhar o rodo no produto e outra para torcer (aquela parte que gira) as cerdas do esfregão. Veja um passo a passo de como usar mop:

  • Adicione água e seu produto de limpeza na parte mais funda do balde.  
  • Coloque o esfregão nessa parte para molhar as cerdas. 
  • Transfira o esfregão para a parte menor que, ao girar, tira o excesso de líquido das cerdas. 
  • Agora você já pode usar mop nos pisos e, assim que sentir necessidade, pode repetir o processo e colocar mais produto.

Tipos de mop

Como já te contamos, existem diversos tipos de mop no mercado, você só precisa escolher qual deles irá atender suas necessidades no dia a dia. Entenda como funciona cada um deles e para que servem:

  • Mop no balde (limpeza pesada): é o mais conhecido e vem com um balde que contém duas cavidades: uma para molhar o rodo no produto e outra para torcer as cerdas do esfregão. É o queridinho na hora da faxina por ser prático e não exigir tanto esforço físico.
  •  Mop rodo (limpeza leve): é uma espécie de borracha feita para absorver água e outros resíduos líquidos, por isso pode substituir o rodo convencional. É ideal para enxugar áreas externas e quintais que, geralmente, demandam mais tempo. 
mop vermelha sendo passada em piso de madeira
(iStock)
  • Mop esponja (limpeza pesada): como o nome já diz, é um rodo que tem acoplado uma esponja (muito parecida com a esponja de lavar louças) na parte de baixo. É indicado para aquelas sujeiras e manchas mais persistentes.
  • Mop spray (limpeza rápida): parece um rodo simples, mas é muito mais funcional. Para começar, ele vem com um dispenser que armazena o produto de limpeza. No meio do cabo, há uma alavanca que, ao apertar, borrifa o produto do dispenser no piso. Depois, é só passar o rodo – que vem com um tecido removível – para limpar o chão.
mop sendo passada em piso branco
(iStock)
  • Mop eletrostático (limpeza leve): vem com um pano eletrostático (microfibra para a limpeza a seco) feito para usar no dia a dia, principalmente para tirar pelos e fios de cabelo que ficam espalhados pelo chão. 
mop azul sendo passado em chão de revestimento de madeira
(iStock)
  • Mop para tirar pó (limpeza leve): lembra bastante um espanador, mas a diferença é o tecido que envolve o acessório. Existem dois tipos: um feito com uma espécie de lã sintética e outro de microfibra (mesmo tecido do mop eletrostático). Não risca os móveis e pode ser usado em todas as superfícies. 
mulher asiática usando um espanador de pó para limpar a estante de uma sala de estar
(iStock)

Vantagens de usar mop

Se comparado ao esfregão convencional, o mop oferece muito mais benefícios. O maior deles é a economia de tempo e o esforço na limpeza do dia a dia. Além disso, é compacto e fácil de armazenar, porque ocupa pouco espaço na lavanderia. Veja todas as vantagens:

  • Ideal para limpeza diária e manutenção da casa; 
  • Diminui o tempo na faxina completa e proporciona menos cansaço físico; 
  • Não é preciso encher e esvaziar o balde, como o modo convencional; 
  • Não há contato do produto com as mãos, evitando alergias e irritações na pele; 
  • Reduz o esforço do corpo, porque você não precisa abaixar e levantar; 
  • Economia no uso de água e produtos de limpeza; 
  • Tira a poeira, sujeira e manchas mais persistentes das superfícies; 
  • Pode ser usado em todos os ambientes de casa, inclusive banheiros; 
  • É eficiente em todos os tipos de piso: madeira, porcelanato, mármore, cimento, ladrilho, tapete e carpete.

Quais produtos usar e não usar com mop?

Ao lidar com produtos de limpeza é preciso tomar alguns cuidados. E mesmo optando por um mop, que evita o contato direto com os produtos, é preciso ter cautela sobre o que diluir na água – que, de preferência, deve ser limpa. Confira o que usar e que evitar na faxina:  

  • Indicados: desinfetantes, desengordurantes, detergentes, limpadores multiuso, água sanitária e álcool. 
  • Não indicados: removedor, soda cáustica e cloro. 

Ah, e mesmo sabendo quais produtos usar no mop, é importante sempre ler as recomendações do fabricante. Assim, você faz uma limpeza segura e sem riscos. 

Pode usar em todo tipo de piso?

É muito cansativo ter que limpar cada cômodo com um tipo de vassoura ou rodo, nós sabemos. Com todos esses tipos de mops que te mostramos, a faxina fica muito mais fácil, já que eles podem ser usados em qualquer superfície, isto é, a limpeza é eficiente na casa inteira, até mesmo no banheiro e na área externa.  

Você pode usar mop em pisos de madeira (vinílico), pisos frios (porcelanato, mármore, cimento e ladrilho) e também em tecidos, como tapetes e carpetes. 

Agora que você sabe como usar mop, quais os tipos e que tipo de limpeza faz cada um deles, é hora de escolher um para chamar de seu e deixar as tarefas de casa muito mais leves e práticas. Boa faxina! 

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Receba nossas novidades

Assine nossa newsletter e receba dicas exclusivas de cuidados e truques dos especialistas Cada Casa Um Caso.