mosquito da dengue

No período de chuvas e calor aumenta a preocupação com a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue e de outras doenças como chikungunya e do vírus zika, que podem causar sequelas e evoluir para estados graves.

Portanto, é importante cuidar bem da limpeza da casa, saber como prevenir dengue e adotar medidas para deixar o mosquito bem longe de você e da sua família. 

A melhor maneira de evitar e barrar o avanço dessas transmissões é acabar com os criadouros do inseto. No artigo de hoje, separamos dicas e cuidados essenciais sobre como prevenir a dengue, além de explicar a forma de transmissão da doença.  

Como deixar a casa livre de criadouros do mosquito da dengue

Usar repelentes, roupas compridas, inseticidas e instalar telas anti mosquitos nas janelas ajuda a evitar a picada do Aedes Aegypti, mas ainda é pouco.

Se houver um foco de proliferação em sua residência, mesmo com todas essas precauções ainda há uma enorme chance de você ser picado e infectado pela dengue ou pelas outras doenças que o inseto é vetor. 

A melhor alternativa é eliminar poças ou quaisquer outros recipientes com água parada.  Confira nos próximos tópicos o que fazer.

Cuidados com água parada em vasos e plantas

prato de vaso de planta com água parada
(iStock)

Mesmo que você more em apartamento, saiba que o Aedes Aegypti é um ‘inseto doméstico’, isso significa que ele pode adentrar no seu lar e em outros ambientes fechados para colocar ovos na água que escoa do vaso da sua plantinha. 

Para evitar que isso aconteça, jogue terra até a borda dos pratinhos ou elimine o uso deles de vez. Faça o procedimento com todos os vasos de áreas externas e internas de sua residência e certifique-se de que não há poças de água em volta.

Atenção a tonéis e caixas d’água

Mantenha tonéis e caixas d’água sempre bem fechados e vedados. Uma pequena frestinha é o suficiente para que o mosquito passe e deposite os seus ovos. 

Caso os encontre abertos, faça uma limpeza total e esvazie os reservatórios totalmente para evitar que ovos do mosquito, que podem já estar depositados ali, eclodam.

Cuidado com as áreas externas

As áreas externas são repletas de possíveis criadouros para o mosquito da dengue. Não deixe pneus, lonas e materiais de construção expostos. Cuidado com o lixo também.

Literalmente qualquer pequena poça d’água pode servir para que o Aedes Aegypti coloque seus ovos, como por exemplo, cascas de ovos, tampas de garrafa e até sobre os próprios sacos de lixo. 

Mantenha todos esses itens abrigados da água da chuva. Calhas também devem ser limpas e desentupidas – garanta que não há acúmulo de água nelas. Tampe os ralos de áreas externas (e também das internas).

Como a dengue é transmitida?

A transmissão da dengue, do chikunguya e do zika vírus são feitas pelo mosquito Aedes Aegypti, que pica os humanos e pode transmitir um desses vírus, dos quais o inseto é vetor. 

A água parada e limpa é um verdadeiro berçário para as fêmeas da espécie, que se alimentam do sangue humano e, depois, colocam seus ovos, que eclodem em larvas, que posteriormente irão se transformar em mosquitos adultos e continuar o ciclo, que pode se tornar epidêmico, se não controlado. 

Ainda em fevereiro de 2021, foram registrados mais de 54 mil casos de dengue no Brasil, com oito mortes confirmadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

O número é menor do que o mesmo período do ano passado, mas ainda ressalta a importância dos cuidados com essa doença e principalmente com os seus modos de transmissão e prevenção.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Receba nossas novidades

Assine nossa newsletter e receba dicas exclusivas de cuidados e truques dos especialistas Cada Casa Um Caso.