Um berço com mosquiteiro acoplado.

O berço do bebê é um local em que a segurança sempre deve estar em primeiro lugar. E um item que ajuda a manter a criança protegida é o mosquiteiro para berço. Ele cria uma camada que impede a aproximação de mosquitos e insetos. 

Entretanto, é preciso alguns cuidados – que vão desde a escolha do material à instalação – para evitar qualquer risco ao bebê. 

Por isso, o Cada Casa Um Caso conversou com uma pediatra sobre o tema e reuniu diversas informações sobre esse item. Confira a seguir e tire todas as suas dúvidas.

Mosquiteiro para berço: por que usar?

Prevenir picadas de insetos, principalmente de pernilongos, está entre os principais benefícios do uso do item. Mas será que o mosquiteiro para berço é necessário?

De acordo com a pediatra Glaucia Finoti, o item não é indispensável. Entretanto, ele se mostra extremamente útil em algumas regiões do Brasil em que há maior incidência de insetos. 

“Tem uma utilidade melhor definida em algumas regiões do Brasil como Centro Oeste, Norte e Nordeste, que são mais quentes. Dessa forma, têm mais mosquitos e pernilongos”, explica a pediatra, que atua como coordenadora da enfermaria de pediatria do Hospital Santa Catarina.

Além disso, com o mosquiteiro para berço cria-se uma camada de proteção contra mosquitos e agentes transmissores de doenças, como a dengue. 

Já que estamos falando sobre berço, vale um alerta. Se o mosquiteiro pode ser bem-vindo, o kit berço é algo que deve ser evitado. Saiba os riscos do kit berço

Tipos de mosquiteiro

Voltando ao foco do nosso artigo, saiba que há no mercado produtos feitos de diferentes tecidos. Veja mais detalhes sobre os tipos de mosquiteiro de acordo com o material utilizado:

Mosquiteiros para berço de poliéster

Esse tecido é muito utilizado nos mosquiteiros do tipo tela, pois suas fibras são bem agrupadas e dificultam o acesso mesmo de insetos pequenos.

Mosquiteiros feitos em voil

Também têm grande eficácia contra a passagem de insetos e apresentam um caimento de tecido. Seu tom é esbranquiçado e quase transparente. 

Além disso, esse material é levinho e ajuda a não esquentar no verão.

Mosquiteiros para berço feitos com tule

O tule é um tecido que lembra o vestido das noivas e é feito com fios bem emaranhados. Desse modo, se cria uma espécie de rede que impossibilita que insetos atravessem. 

Também é um material bom para os lugares mais quentes. Como o tule é leve e fininho, o ar consegue passar e isso evita que a temperatura do berço fique muito elevada em dias mais quentes.

Dossel para berço

Um quarto de bebê com um berço com mosquiteiro.
(iStock)

O mosquiteiro para berço pode ser fixado em uma haste que sai da cabeceira do berço. Ela servirá de apoio para o tecido, que cobrirá todo o cantinho do bebê. 

E você sabe o que é dossel para berço? É uma estrutura ornamentada que pode servir de apoio para o mosquiteiro. Geralmente ficam no alto, no centro do berço. Dessa forma, garantem boa fixação e ajudam na decoração do ambiente.

Cuidados essenciais com o mosquiteiro

Para proteger o bebê de forma segura, é essencial tomar alguns cuidados com a estrutura e também com a limpeza do mosquiteiro. Confira a seguir os principais pontos:

Como instalar um mosquiteiro para berço de forma segura

Já comentamos as formas que o mosquiteiro para berço pode ser afixado, mas é fundamental fazer uma instalação segura. 

“O ideal é sempre utilizar um ponto de apoio firme em que ficará preso o mosquiteiro. Muitos berços têm como acessório uma haste de madeira que permite que o mesmo fique fixado, evitando cair no bebê”, ressalta a pediatra. 

Cuidado também com a escolha do material do mosquiteiro. De acordo com Glaucia, o tule é uma boa opção por ser um tecido leve e que não traz risco de asfixia. 

Se ainda ficar com dúvidas, veja no infográfico abaixo pontos essenciais para a escolha do mosquiteiro: 

Título: Como escolher mosquiteiro para berço: 3 passos indispensáveis


A arte será o desenho de um berço com mosquiteiro e, sobre o desenho, vamos escrever, puxando setinhas de cada item: 

Procure pelo selo do Inmetro antes de concluir a compra do seu mosquiteiro. 

Opte por materiais leves, fresquinhos e indicados para esse uso, como por exemplo: poliéster, voil e tule.

Escolha uma estrutura que garanta que o tecido ficará fixado de forma adequada.
(Arte/Cada Casa Um Caso)

Higienização

A médica alerta que o uso do mosquiteiro também acarreta em maior concentração de poeira, que pode desencadear problemas. “O acúmulo de poeira aumenta o risco de alergias cutâneas e respiratórias”, afirma Glaucia. 

Desse modo, para evitar problemas, é ideal ter pelo menos dois ou três mosquiteiros diferentes. Assim, é possível trocar o item e fazer uma higienização semanal. Siga sempre as instruções de limpeza e lavagem do fabricante.

Agora você já sabe tudo sobre mosquiteiro para berço e como proteger seu bebê com segurança. Saiba ainda como se proteger do mosquito da dengue

A gente se vê nas próximas dicas! 

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Receba nossas novidades

Assine nossa newsletter e receba dicas exclusivas de cuidados e truques dos especialistas Cada Casa Um Caso.

Artigos Relacionados

menino brincando no quarto
A família aumentouCasa novaCuidados com a casaOrganizaçãoQuarto Infantil

Como organizar brinquedos: 4 ideias para se livrar da bagunça

Mop ao lado de produtos de limpeza
BanheiroCozinhaCuidados com a casaQuartoQuarto InfantilSala

Como usar mop e fazer dele seu melhor amigo na limpeza

menino brincando no quarto
A família aumentouCasa novaCuidados com a casaOrganizaçãoQuarto Infantil

Como organizar brinquedos: 4 ideias para se livrar da bagunça

Mop ao lado de produtos de limpeza
BanheiroCozinhaCuidados com a casaQuartoQuarto InfantilSala

Como usar mop e fazer dele seu melhor amigo na limpeza