Chuveiro ligado caindo água.

Você vai tomar um banho relaxante e de repente a água esfria! E agora, como trocar resistência do chuveiro? Como saber se é esse realmente o problema? 

Se você nunca passou por isso, há grandes chances de passar um dia. Mas não precisa se desesperar! Preparamos um manual completo sobre como trocar resistência de chuveiro. 

Confira a seguir e acompanhe as dicas do engenheiro civil Marcus Vinícius Fernandes Grossi.

Será que o problema é mesmo resistência queimada?

Antes de ver como trocar resistência do chuveiro e comprar uma peça nova, vale saber se o problema que faz o item não aquecer é mesmo a resistência queimada. Segundo Marcus Vinícius, sanar essa dúvida é simples. 

“A resistência é geralmente um filamento elétrico em forma de mola espiral. Se alguma dessas partes do filamento estiver arrebentada, aí está o problema”, comenta o profissional. 

“Caso ela esteja em perfeitas condições, pode ser que o chuveiro tenha algum defeito na parte elétrica. Pode ser também falta de tensão ou de corrente elétrica. Nesse caso, o mais indicado é chamar um eletricista para verificar”, orienta.

Como trocar resistência de chuveiro na prática

Bom, você constatou que a resistência está, de fato, queimada. Saiba que fazer a troca não é nada de outro mundo. Veja todos os detalhes: 

Itens necessários para trocar resistência de chuveiro

Para começar, Marcus Vinícius, que também é professor universitário de cursos de pós-graduação de perícias, faz uma lista do que pode ser útil na hora de trocar a resistência do chuveiro:

  • chave de fenda (quando for preciso soltar parafusos que prendem ou fecham o chuveiro);
  • chave que afere a tensão elétrica (o engenheiro alerta que mesmo com o disjuntor desligado, ainda pode haver fuga de corrente no equipamento. Fazer essa medição pode evitar o risco de um choque elétrico);
  • escada firme (caso você não alcance a altura do chuveiro);
  • resistência nova indicada para o seu chuveiro (o preço irá variar de acordo com o modelo e ponto de venda).

O profissional também lembra que, geralmente, não é necessário nenhuma ferramenta para abrir o chuveiro. Para boa parte dos modelos, basta rosquear a base para que ela saia. Portanto, só use chave se encontrar parafusos pelo caminho, não para forçar a abertura do aparelho.

Medidas de segurança

Saber como trocar resistência do chuveiro envolve, antes de mais nada, cuidar da sua segurança. Diante disso, como ressalta Marcus Vinícius, a primeira coisa a fazer é desligar o disjuntor. Ainda assim, como explicado no tópico anterior, vale a pena conferir se não há fuga de corrente.

“Tem que desligar o disjuntor. Depois disso, teste: ligue o chuveiro para ver se ele não está esquentando. Teste se as duas fases do chuveiro estão sem corrente de energia. Se houver alguma fuga de corrente, pode haver o risco de mexer no material ainda energizado”, afirma o engenheiro civil.

Hora de trocar a resistência do chuveiro

Vamos para a prática! Dê uma olhada no manual de instruções do seu chuveiro para conferir como abri-lo. Feito isso, é hora de substituir a resistência. 

“Você irá visualizar a resistência do modo direto que precisa ser trocada. Ela é um filamento em forma de mola”, diz Marcus Vinícius.

Então, remova a resistência queimada e coloque a nova no lugar, seguindo as indicações de encaixe da própria resistência. Na embalagem já vem descrito quais pontos encaixar em quais lugares.

O que causa a queima da resistência do chuveiro?

Mas o que causa o tão terrível chuveiro queimado? Como evitar que isso aconteça? O engenheiro também explica algumas razões para esse problema. 

“Os principais cuidados são evitar ar na tabulação e uma vazão muito baixa de água. Ou seja, ligar o chuveiro com pouca água, por exemplo, pode aumentar a chance de superaquecer a resistência, fazendo com que ela tenha a sua vida útil encurtada”, explica o especialista. 

Um homem está tomando banho e o chuveiro queima e cai água gelada.
(iStock)

“Além disso, se houver ar na tabulação ou intermitência do fluxo de água, pode ocorrer a queima da resistência elétrica. Então, ligue sempre o chuveiro com uma quantidade significativa de água para deixar a resistência sempre molhada”, indica Marcus Vinícius. 

Inclusive, essa informação consta no manual do equipamento. “Nas instruções, está indicada a vazão mínima de água. Assim, não há problemas de durabilidade menor do que o esperado”, completa.

Tudo anotado sobre como trocar resistência do chuveiro? Então, continue por aqui e confira também como resolver o problema do chuveiro pingando. O Cada Casa Um Caso traz dicas simples e práticas para descomplicar o dia a dia no seu lar!

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Receba nossas novidades

Assine nossa newsletter e receba dicas exclusivas de cuidados e truques dos especialistas Cada Casa Um Caso.